Sociable

quarta-feira, 2 de março de 2011

A PRIMA DA PEDRA DA LUA!!!

labradorita 


Semana passada falamos da pedra da lua em sua linda, branca, pálida e translucida majestade. Gostaria de falar hoje de sua irmã, não em termos tecnicos não mas em termos de beleza magia e efeito nenon.


labradorita cabochão 
Vocês conhecem uma pedra chamada Labradorita? Se não, preparem-se porque ela assim como a pedra da lua faz a gente se emocinar com a capacidade que a natureza tem de ser perfeita.
Seu brilho que pode ser comparado com o da pedra da lua é profundo e inspira para a criação de jóiasencantadoras. Não preciso dizer que sou fã de carteirinha dessa categoria de pedras que demorou muito tempo para mostrar seu valor e fazer parte do hall de pedras poderosas dignas de ouro.

Mas cá entre nós, labradorita combina e muito com prata!

Labradotita é um mineral fascinante. Recebeu esse nome por ter sido descoberta em 1770 na Península de Labrador no Canadá. Se viramos essa pedra e colocando na posição correta ela vira de um cinza pálido a uma explosão de cores parecendo que vai explodir a qualquer minuto.
anel de labradorita

Ela produz um jogo de luzes imagine gamas de azuis e violetas se tranmsformando a partir de verdes, amarelos e laranja. Deu para visualizar tudo isso dentro de uma pedra cinza? espetacular, não acham?
O efeito acaba dependendo da espessura e da orientação das camadas de formação da própria pedra (assim como a pedra da lua).
Esse efeito recebe o nome dessa pedra e se chama LABRADORESCÊNCIA também conhecido como efeito de Schiller. E se você ainda não viu isso ao vivo, por favor, faça, porque certas coisas na vida precisam ser experimentadas e essas belezas naturais são parte do plano. São presentes e tem que ser valorizados.
A labradorita é um feldspato e contém cálcio, sódio.
Ela é uma pedra poderosa que deveria ser mais explorada na arte da joalheria, porque sinceramente, ela tem muito a oferecer. Vamos parar de ser tão focados e abrir a cabeça para o que tem de bonito minha gente!
Fonte:Fjoias

Nenhum comentário:

Postar um comentário