Sociable

quinta-feira, 28 de abril de 2011

CAPIM DOURADO:A JÓIA DO JALAPÃO!

O capim dourado é uma espécie de capim (Singhnantus sp) que existe somente na região do Jalapão, localizado no estado do Tocantins, Sua característica principal é a cor que lembra a do ouro.
A principal localidade, é Mumbuca em Tocantins, um vilarejo localizado no município de Mateiros.





Na verdade, o que se chama de capim dourado é a haste de uma pequena flor branca da família das sempre-vivas. É na flor que se encontram as sementes que garantem a perpetuação da planta e a renda para centenas de famílias.
O capim dourado depois de seco,está pronto para ser trabalhado. O grande desafio dos produtores é fazer extração controlada da planta, que corria  risco de desaparecer da região do Jalapão.




É utilizando sua haste fina e de intenso brilho metálico que com muita habilidade os artesões da região transformam o capim em uma diversidade de peças como bolsas, brincos, pulseiras, chapéus, mandalas, cestas e diversos objetos de decoração.
Essa tradição vem de longa data. Acredita-se que os moradores da região central do Jalapão aprenderam a arte de trabalhar o capim dourado provavelmente com os índios da etnia Xerente, que passaram pela região há quase um século.





Como parte do artesanato do capim dourado esta a seda, que são fios usados na costura do capim esta seda é retirada da folha das plantas do buriti que também é conhecida como coqueiro-buriti ou palmeira dos brejos. O buriti é desfiado e tratado para ser usado como linha.
O artesanato Capim dourado foi mostrado pela primeira vez a um grande público em 1993 na primeira FECOARTE  a feira anual de  Folclore,artesanato e  Comidas Típicas do Estado do Tocantins.depois disso ganhou mundo.


Hoje, o artesanato do capim dourado cruza as fronteiras do Brasil e encanta apreciadores em todo o mundo. O consumo interno do artesanato feito com a planta também cresceu. Foi tanto que chegou a preocupar as comunidades devido ao excesso de coleta, e da exploração do capim por pessoas de fora das comunidades isso chegou a tal ponto que o capim dourado virou caso de polícia. Contrabandistas de outras regiões, de olho no lucro, passaram a tirar a planta de áreas de coleta tradicional, prejudicando as comunidades e a própria sobrevivência da espécie
.
Isso fez com que ONGS e Institutos Governamentais realizassem pesquisas para garantir a sustentabilidade da atividade.

A coleta do capim requer cuidados especiais para que a espécie possa continuar a existir e ser usada pelas futuras gerações. Por exemplo, o capim só pode ser colhido maduro, quando as hastes já estão secas e com a coloração típica. Somente nessa fase é que as sementes estão maduras e prontas para germinar. A retirada do capim ainda verde prejudica a espécie, uma vez que causa a morte da planta, tornando a regeneração impossível.





Bem coletado, bem usado e respeitado em sua integridade, o capim dourado poderá continuar ajudando muitas comunidades a sobreviver de maneira digna e com respeito à natureza.
O consumo consciente do artesanato é a forma mais legal para se ajudar a sua conservação.Então é importante saber qual é a origem e como está sendo coletado o capim dourado  que se vai adquirir.


Fonte:Fjoias

Nenhum comentário:

Postar um comentário